Pesquisar este blog

sábado, 16 de janeiro de 2010

Deixe que eu seja a sua Liberadade

"Deixe que eu seja a sua liberdade"
Eis o que ressoa.
Eis o que desejo dizer-lhe.
Uma forma de amar,
única,
minha
e acima de tudo
representa a minha Liberdade
que encontro em ti.

Quero que essas palavras
ecoem em teu íntimo.
Quero guiar-te
de encontro ao anseio
de minh'alma.
Aos desejos mais egoístas
e puros
para o encontro de nossas mãos.

Deixe que nossas almas
desenhem o encontro.
Que criem um castelo
com alta torre
onde estamos,
onde o vento sopra
frio e macio.
Onde podemos olhar
tudo ao redor
e estaremos protegidos
pela Lua,
pelas Estrelas
e pelo Amor.

Manoel Vinícius Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque sua impressão na estante...