Pesquisar este blog

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

À espera da existência

Mesmo que eu tenha
que esperar o céu azul
e o vai-e-vem do oceano,
eu estarei te olhando.

Observando o mundo,
cada mudo e
alma,
à espera da existência
dos espetáculos,
limpando as beiradas,
arrumando a cadeira
e continuar te olhando.

Manoel Vinícius Souza
(01/09/10)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque sua impressão na estante...